Autor: Anderson Mattozinhos

PodCast: Black Friday

Estamos na famigerada semana da Black Friday, ou melhor, no mês ou até mesmo quem sabe no trimestre! A brincadeira é pertinente para ilustrar como esta campanha de descontos vem sendo cada vez mais explorada por todo tipo de empresa no varejo, seja off-line ou online. Mas a Black Friday é um verdadeiro pesadelo em termos de comportamento de consumo. Isso porque instiga nossos instintos mais primitivos e automáticos, deixando nosso cérebro refém de vantagens prometidas, que na verdade não passam de mais um tipo de pescaria de tolos para consumo inconsciente. Para tentar ajudar você a manter seu...

Read More

Lido: Socialismo para Milionários

O livro é surpreendente! O sarcasmo misturado com o senso prático e crítico da realidade deixa a leitura agradável. Bernard Shaw parece se alinhar a pensadores econômicos da escola Utilitarista. Em determinado momento o autor cita: “Uma pessoa tendo uma renda anual de 25 libras pode multiplicar o próprio conforto além de todo e qualquer cálculo dobrando de renda; provavelmente até 250 libras, a duplicação da renda atual significa duas vezes mais conforto. A partir dessa quantia o acréscimo de bem-estar cresce menos em proporção com o da renda até se chegar a um ponto em que a vítima...

Read More

A racionalidade irracional do mercado de obras de arte

Quer uma prova objetiva da irracionalidade do ser humano? A venda deste quadro de uma só vez serve para derrubar o mito da racionalidade e a Teoria Utilitarista. A tela de Leonardo Da Vinci retratando Cristo com uma esfera de cristal na mão é a obra de arte mais cara já vendida na história —US$ 450,3 milhões, cerca de R$ 1,5 bilhão, foi o preço pago por ela num leilão em Nova York nesta quarta-feira (15). Como ficam os utilitaristas? Segundo a Wikipédia… (Nunca sei se abro ou não aspas para citar a Wikipédia rsrsrs. Na dúvida vou incluir)....

Read More

PodCast: Orgasmo, memória e comportamento

Sim! Nós vamos falar de orgasmo neste PodCast! Uma pauta picante onde avaliamos a experiência sexual mais intensa, o orgasmo, fazendo uma relação com experimentos realizados por nossos Economistas Comportamentais favoritos: Kahneman & Tversky. Com base no texto do Rafael Jordão também publicado no site, discutimos como a regra do pico fim funciona e transpomos de maneira nada científica, porém muito perspicaz e original a relação entre a lembrança que formamos das experiências que temos quando nos relacionamos sexualmente. Neste episódio tivemos três convidados:   Rafael Jordão Psicólogo organizacional na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, pós graduando em economia...

Read More

Leis da Robótica, Ética e Neurociências

Leis da robótica? Que nada! Um dos maiores desafios da humanidade para o próximo século certamente será diferenciar humanos de robôs. Até que ponto implantes e outros tipos de interfaces ligadas a órgãos humanos podem garantir nossa autonomia psicológica e liberdade cognitiva? O escritor Isaac Assimov definiu como leis da robótica: um robô não pode ferir um humano ou permitir que um humano sofra algum mal; os robôs devem obedecer às ordens dos humanos, exceto nos casos em que tais ordens entrem em conflito com a primeira lei; e um robô deve proteger sua própria existência, desde que não...

Read More

Nobel de Economia: porque ele merece sua atenção?

A semana começou insana por aqui. Afinal estamos focados em Economia Comportamental e não é todo dia que um Nobel é entregue para um Economista Comportamental como Richard H. Thaler. A felicidade nos contagiou a ponto de apressarmos as coisas para gravar um podcast no dia da premiação. E não poderíamos ter sorte maior, afinal mais uma vez temos como convidada uma das maiores autoridades em Economia Comportamental no Brasil. Isso mesmo! Estamos novamente com Flávia Ávila de convidada aqui e podem ter certeza de que o Nobel para o Richard H. Thaler tem relevância para as mais diversas...

Read More

O que virá depois da Internet das Coisas?

Muito se tem falado e profetizado sobre uma nova onda onde a internet das coisas (Internet of Things – IoT) será determinante para a mudança na forma de como nós humanos interagimos com o mundo e com nossos múltiplos dispositivos ou aparelhos eletrônicos de todo tipo. Mas parece que esse termo já vem dando lugar a outro ainda mais disruptivo. Falo da Internet of Me. É complicado arriscar e nem de longe tenho intenção de profetizar algo, mas parece que o momento da internet das coisas já está passando, ou pelo menos já uma tendência que virou realidade, algo...

Read More

PodCast: LANP – Liga de Economia Comportamental

Olá pessoal. Mais um PodCast do Geekonomics no ar! Já estávamos com saudade de aparecer por aqui em áudio e o retorno não poderia ser em melhor “estilo”. Neste episódio trouxemos o pessoal da LANP a Liga Acadêmica Newton Paulo Bueno de Economia Comportamental. Eles possivelmente são uma espécie rara no ambiente acadêmico, tanto por criarem um ambiente de aprendizado muito além da sala de aula, como por concentrar seus estudos e ações na contribuição que a Economia Comportamental por trazer para o ambiente econômico. Nós ficamos muito empolgados com a gravação e achamos todos ficar também, afinal foram...

Read More

Crypto Market: qual o tamanho desse mercado?

De tempos em tempos novos termos surgem para dar conta da uma ou várias mudanças sociais ou econômicas. Já vimos termos como web, big data, BRICS, twitter e muitos outros se tornarem universais em todos os idiomas utilizados pelo mundo. Mais do que neologismos, os termos são registros da evolução do conhecimento humano e de como este conhecimento transforma a realidade. Um novo termo tem sido muito usado para definir um mercado em franca ascensão nos últimos anos: Crypto Market. Usado para definir o mercado onde transações financeiras são realizadas com arquitetura baseada em criptografia de alto nível para...

Read More

Autocontrole: como as neurociências podem ajudar?

Um dos principais problemas do descontrole financeiro é a falta de autocontrole. A falta de autocontrole em geral é uma das principais causas de endividamento das famílias, que compram demais, perdem a noção dos gastos e acabam por não poupar para situações emergenciais ou aposentadoria. Uma das falhas mais recorrentes relacionadas a problemas de autocontrole dos agentes econômicos diz respeito a comportamentos de compra por impulso (Impulse Buying). Segundo SULTAN, Abdullah J.; JOIREMAN, Jeff; SPROTT, 201s:  “Aplicado à compra impulsiva, o modelo de força pressupõe que a capacidade de um consumidor em controlar os impulsos de se engajar na...

Read More

Fique atualizado

Tweets Recentes

Categorias