Antes de mais nada e com o perdão do trocadilho, a Economia Comportamental é uma nova forma de pensar economia e de pensar como economista. E essa nova forma de pensar vem aos poucos, não rompendo, mas evoluindo e trazendo com ela o pensamento econômico para a vanguarda da ciência aplicada.

E quando falo de ciência aplicada, quero dizer que muito além de preocupações subjetivas e distantes da realidade das pessoas, a economia tem se ocupado cada vez mais da tarefa de entregar soluções de problemas práticos e cotidianos.

Assim já vemos amplamente divulgado os avanços, por exemplo, de Nudges que levam pessoas a poupar mais para aposentadoria, melhorar a aderência a tratamentos médicos e até mesmo fazer xixi nos locais corretos rsrsrs.

Mas há ainda algumas barreiras a serem ultrapassadas pela Economia Comportamental. A primeira delas na minha opinião é se tornar tema de estudo nos cursos de graduação e pós-graduação. Ainda há uma oferta restrita de créditos em matérias nas Universidades e Centros de Ensino de Pós-Graduação.

Certamente ainda há uma determinada escassez de professores específicos e de referência no tema, no entanto as cadeiras de microeconomia já têm certamente plenas condições de iniciar ao menos uma introdução às descobertas da Economia Comportamental.

Num momento saudosista, fazendo a faxina na biblioteca em casa, tarefa procrastinada por semanas em favor de jogos online (me julguem! Rsrsrs), resolvi folhear meu livro de Introdução à Economia. Aqueles que tiverem passado pela graduação, como eu, devem ser íntimos dele: Introdução à Economia do autor N. Gregory Mankiw.

Tempos atrás, aproveitei uma promoção, e agindo de forma previsivelmente irracional, comprei a edição mais recente do livro. Ontem foi dia de finalmente abrir pela primeira fez e ler trechos interessantes lembrando dos sufocos das provas e Introdução à Economia do primeiro semestre da faculdade.

Daí que me veio a ideia desse post. Me deparei com os Dez Princípios da Economia e não consegui passar mais para outra página sem uma boa reflexão de cada um deles. Fiquei um bom tempo parado refletindo, de onde resolvi, do alto de toda minha arrogância, pretensão, excesso de confiança e rebeldia, sugerir algumas edições nos tais Dez Princípios.

Minhas sugestões, claro que aproveitam as descobertas da Economia Comportamental, que certamente tem alguns pontos interessantes a propor para melhorar os Princípios de Economia.

Vamos então aos Dez Princípios e às sugestões!

1: As pessoas enfrentam tradeoffs

Sugestão: As pessoas enfrentam tradeoffs decidindo de maneira previsivelmente irracional

2: O custo de alguma coisa é aquilo de que você desiste para obtê-la

Mantido!

3: As pessoas racionais pensam na margem

Sugestão: Não existem pessoas racionais, na maioria das situações reagimos de forma automática a estímulos

4: As pessoas reagem a incentivos

Sugestão: As pessoas reagem a Nudges e à influência de outras pessoas ou grupos de pessoas

5: O comércio pode ser bom para todos.

Mantido!

6: Os mercados são geralmente uma boa maneira de organizar a atividade econômica.

Mantido!

7: As vezes os governos podem melhorar os resultados de mercados

Mantido!

8: O padrão de vida de um país depende de sua capacidade de produzir bens e serviços.

Sugestão: O padrão de vida de um país depende de sua capacidade de produzir e vender bens e serviços. (Vide China e guerra comercial com EUA) Ok esse não teve nada de comportamental, mas não resiste em sugerir essa edição aí rsrsrs.

9: Os preços sobem quando o governo emite moeda demais.

Sugestão: Os preços sobem quando o governo emite moeda demais e quando há escassez.

10: A sociedade enfrenta um tradeoff de curto prazo entre inflação e desemprego.

Sugestão: A sociedade enfrenta dois tradeoffs a curto prazo. Um entre inflação, desemprego e outro entre gastar ou poupar para aposentadoria.

Acho que assim ficaria melhor à luz de tudo aquilo que já descoberto e evidenciado pela Economia Comportamental. E você, tem alguma sugestão também? Coloca aí nos comentários, vou adorar ler a sugestão de todos.

Até o próximo post!