Todos nós temos planos a realizar em nossas vidas, alguns envolvem a compra de algum bem, uma viagem para uma ilha paradisíaca, fazer um curso fora do país, ou seja, envolvem uma grande quantia de capital, um grande investimento. Porém, o que fazer quando as nossas “necessidades” diárias nos sabotam, quando aquele aparelho de celular é lançado e de alguma forma todos esses sonhos são deixados de lado para o consumo no presente?

Essa relação que fazemos entre o momento presente e o momento futuro, dando um valor maior a benefícios obtidos no agora do que a benefícios a serem realizados em um horizonte temporal mais longo, é chamado de desconto hiperbólico.  É normal que as pessoas sejam mais sensíveis ao presente e desejem antecipar suas boas experiências, mesmo que isso envolva abrir mão de algo que possa ser muito mais útil daqui a alguns anos. A função de desconto hiperbólico mostra claramente a tendência a procrastinar no comportamento humano.

Algumas ferramentas da Economia Comportamental, no entanto, podem ajudar no controle de vieses. O Nudge, conceito desenvolvido por Cass Sunstein e Richard Thaler, por exemplo, pode tornar essa escolha mais fácil. Nudge pode ser entendido como uma forma de influenciar o processo de tomada de decisão de maneira previsível sem que sejam feitas imposições, logo, sem que o conjunto de escolha dos agentes seja amplamente modificado.

Uma forma de auxiliar os correntistas em seus investimentos vem sido aplicada por alguns bancos. O chamado Investimento Programado é um Nudge que facilita a escolha das pessoas entre consumo imediato e poupança. Funciona da seguinte maneira: todo mês o banco se encarrega de fazer transferências para uma determinada aplicação, podendo ser poupança, plano de previdência, CDB, tesouro direto, ações, etc. A quantia, data, aplicação e horizonte temporal serão definidas pelo correntista.

O Nudge de aplicações automáticas torna a decisão de investir mais simples, sem que esta tenha que passar, depois de um tempo, por uma ponderação de trade-offs, esse investimento mensal já será algo certo para os indivíduos. Fazer o investimento, nesse caso, passa a ser a opção default, ou seja, aquela que requer o menor esforço.

A liberdade de escolha, como em qualquer Nudge, também é preservada, caso não desejem mais continuar ou tenham algum imprevisto, os correntistas podem cancelar ou fazer alterações nos planos de investimento.

Entre outras instituições financeiras, esses são os links de algumas que oferecem o serviço programado de investimento:

O Itaú oferece o Compra Programada, com diferentes opções para investimento em ações:

O Citibank oferece a Poupança Programada, com datas certas para depósitos:

O Depósito Programado em Poupança do Banco Santander oferece o serviço de transferir um valor programado de sua conta-corrente para poupança:

Crédito:

Texto escrito por Fernanda da Fonseca, aluna do MBA em Economia Comportamental da ESPM.