Há alguma luz no fim do túnel e ela vem da competência brasileira que resiste a toda avacalhação institucional e política do país.

Uma prova de que é possível pensar num futuro melhor para a economia brasileira é olhar para os resultados alcançados pela área de pesquisa e exploração de petróleo da Petrobras.

Não é segredo que venho criticando e noticiando em sequência os estragos da gestão naquela que já foi a principal empresa do país. Mas nem tudo é lama na Petrobras, pelo menos por enquanto.

A Petrobras mesmo a duras penas com uma gestão completamente irresponsável e com foco exclusivamente político, ainda detém campeões nacionais em pesquisa e desenvolvimento e competências muito sólidas na exploração em profundidade.

Mérito dos profissionais que trabalham por lá!

petroleiros-p18_590_300

E é com toda esta competência, que ainda dá para ter fios de esperança no futuro da empresa.

Na semana passada o plano de venda (Privatização) de ativos como a Gaspetro foi iniciado e isso deve aliviar o caixa da empresa.

Outra excelente notícia é que a Petrobras conseguiu baixar substancialmente o custo da exploração do petróleo, ficando em patamar de nada menos que 46,6% abaixo do custo médio da produção mundial.

banner-savemoney

A empresa noticiou a façanha em seu site. Reproduzo abaixo o trecho e deixo o LINK para os interessados na matéria completa.

“Com novas tecnologias, chegamos a um patamar em torno de US$ 8 por barril, quando a média das grandes petrolíferas mundiais é de US$ 15 por barril. Nos custos de desenvolvimento do pré-sal também tivemos avanços. Um dos fatores decisivos para a redução de custo é o tempo de perfuração de um poço no pré-sal, que no campo de Lula já atingiu tempo inferior a 30 dias. Em 2010, eram necessários mais de 120 dias para realizar o mesmo trabalho.”

Chega a impressionar.

mrw-a-friend-makes-fun-of-me-to-impress-a-girl-9821

Impressiona ainda mais, quando lembro que a empresa sofreu desvios, corrupção, fraudes em obras e licitações, gestão temerária…

Pois é, fica aqui um alento, mesmo que pequeno sobre a situação da Petrobras.

Fica também o agradecimento aos profissionais sérios e competentes que, apesar de toda a lama, perduram como verdadeiros campeões nacionais.