Poucos devem ter conseguido ficar sem notar a passar a passagem do Primeiro-Ministro da China Li Kiqiang pelo Brasil nesta semana. Isso porque a visita teve ampla cobertura de tudo que é veículo de mídia (rádio, jornal, revistas…) e também porque não é fácil deixar de notar alguém com US$53,3 Bilhões na carteira rsrsrs.
Apesar da carteira gorda do primeiro ministro chinês e das promessas de que esse dinheiro vai ficar por aqui, é importante relativizar todo o discurso emocionado feito pela Presidente.

Algumas considerações são importantes:

1 – O dinheiro para vir como investimento público tem que antes de mais nada passar por licitação e aí pode ser que tenhamos propostas melhores que a dos chineses, inclusive de empresas brasileiras, porque não?

sacola-dinheiro-geekonomics

2 – A venda de aviões Embraer também muito divulgada foi feita com financiamento do BNDES! Putz ai fica fácil! Comprar com financiamento local a juros subsidiados…

embraer-china-ok

Até eu estou querendo.

3 – Os acordos assinados com a Petrobras que preveem mais US$70 bilhões também vem num momento excelente, para os chineses é claro. Eles chegam e pegam a empresa desacreditada e em dificuldades de caixa e fecham esses acordos e no fim levaram tudo a preço de banana.

petrobras-ok

Mas enfim esse parece ser mesmo o negócio da China! Comprar barato setores e áreas estratégicas de países em dificuldades. E o que o Brasil ganha com isso?

FOLÊGO kkk

Ah! Espera ai. Nós também “ganhamos” o direito de exportar carne para a China. Obaaa. Vamos comemorar então! Para quem lembra vale apenas um comentário tudo com dinheiro do BNDES porque o Friboi certamente está na jogada e vai poder abastecer a China com a propaganda do Toni Ramos, ops. Digo, com a carne de qualidade brasileira.

Ai ai. Esse é nosso Brasil. E nem queria mais estender o assunto, mas vale lembrar que todo esse esforço na liberação da exportação de carne para alegria da JBS Friboi que agora vê o investimento dando o devido retorno.

friboi-ok

PS.: O investimento aqui não foi em carne não. FIQUEM ATENTOS. Investimento em nada menos que R$63 milhões para campanhas políticas.

Ufa!

Até a próxima pessoal!