Passeando pelo site Business Insider, um dos que mais gosto de ler diariamente, vi uma matéria muito interessante sobre a Apple e resolvi compartilhar por aqui também.

Não sei se vocês já pensaram a respeito. Eu pelo menos já havia visto uma ou duas vezes comparações entre as vendas de iPhones e faturamentos de grandes companhias pelo mundo.

Apple-Money

Dentre as mais legais, temos por exemplo a de que apenas a receita com as vendas de iPhones são maiores que todo o faturamento da Microsoft. Outra comparação bacana é também a receita da venda dos iPhones comparadas a todo faturamento do Facebook. Imaginem que as receitas das vendas de iPhones dão conta de serem nada menos do que 10 vezes maiores que as todas as receitas do Facebook! #OMG

Impressionante não? Vamos ao gráfico!

bi_graphics_applerevenue-4_updated data

Agora imaginem isso se comparado ao faturamento de alguma empresa brasileira?

Pelo câmbio de hoje (19/03/2015) a Apple fatura com iPhone algo em torno de R$337 Bilhões. Já a Petrobras tem receitas de R$304,89 Bilhões, pelo menos até agora. (Vale a ressalva que o balanço não foi auditado ainda hahahahah.

iphone-vs-petrobras

Essa comparação traz à tona assuntos muito mais importantes do que a mera comparação entre faturamentos.

Uma boa análise é pensar quais os rumos para que a economia se torne realmente interessante do ponto de vista do crescimento econômico? É fácil ver que não será pela insistência na matriz de exploração de produtos básicos, mas sim pelo desenvolvimento de inovações, pesquisas e tecnologias de ponta.

Enquanto essa obviedade não é captada pelo Governo nem pelo Capital Privado… Certamente que ainda vamos ter muito a lamentar em termos de PIB.